Home Economia AEPF promove Missão Inversa com importadores do Reino Unido
AEPF promove Missão Inversa com importadores do Reino Unido
0

AEPF promove Missão Inversa com importadores do Reino Unido

0
0

A Associação Empresarial de Paços de Ferreira (AEPF), no âmbito do projeto conjunto de internacionalização 2017-2018, promove a visita de cinco importadores de referência do Reino Unido, entre 12 e 21 de março, em Paços de Ferreira. Desde o segmento de contract à vertente retalhista e de projectos de decoração, a missão foi organizada no sentido de as empresas participantes poderem reunir individualmente com cada importador. Segundo os contactos previamente estabelecidos com os importadores britânicos, “estes ficaram fascinados com a qualidade do portfólio das empresas de Paços de Ferreira, pelo que vêm ao nosso país com grandes expetativas de concretizar negócios”, referiu o Presidente da AEPF, Rui Carneiro. Esta Missão Inversa do Reino Unido acontece depois do workshop “Reino Unido – Uma oportunidade em 2018”, que envolveu cerca de 20 empresários do concelho. Durante as duas próximas semanas, 9 empresas de Paços de Ferreira vão receber a visita dos importadores. A AEPF acredita que este modelo é muito eficaz para a concretização de contratos, uma vez que pelo valor de uma viagem de avião ao Reino Unido, cada empresa recebe nas suas instalações 3 a 5 importadores, permitindo que estes possam conhecer o seu processo de fabrico, as suas instalações e possam testar os produtos, aumentando em grande escala a confiança entre as partes. “O mais importante é que, neste processo, foi feito um levantamento exaustivo do portfólio dos participantes, pelo que os britânicos vêm a Paços de Ferreira a saberem perfeitamente o que vão encontrar”, adiantou o diretor executivo da AEPF, João Pedro Begonha. “É preciso lembrar que o Reino Unido é um mercado de primeiro Mundo e, como tal, de um enorme poderio financeiro. Temos, com este mercado, a aliança diplomática mais antiga do Mundo, algo que vamos fazer lembrar e capitalizar em prol dos nossos empresários”, acrescentou o presidente da AEPF.