Home Educação Agrupamentos de Escolas de Lousada premiados com Selo Protetor
Agrupamentos de Escolas de Lousada premiados com Selo Protetor
0

Agrupamentos de Escolas de Lousada premiados com Selo Protetor

0
0

1.ª edição promovida pela CNPDPCJ foi no Auditório Municipal

Teve lugar na passada quarta-feira, dia 24, a Cerimónia Nacional de Entrega de 34 Selos Protetores da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens.

As entidades premiadas foram agrupamentos de escolas, escolas profissionais, Instituições Particulares de Solidariedade Social e uma Fundação, representando mais de 35 mil pessoas, entre docentes e não docentes e alunos, cuja repercussão chega a toda a comunidade.

Lousada foi premiada com quatro Selos Protetores fruto de candidatura única, elaborada no âmbito da Rede Social, com os agrupamentos das escolas de Lousada. Assim, o Agrupamento de Escolas Este (Caíde de Rei), Oeste (Nevogilde), Dr. Mário Fonseca (Nogueira) e de Lousada receberam a distinção que premeia as boas práticas de proteção de crianças e jovens e implica um compromisso de aperfeiçoamento.

A Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ), Dra. Rosário Farmhouse, começou por afirmar que o “mote do trabalho desenvolvido é um provérbio africano que dizé precisa uma aldeia inteira para educar uma criança”, mas eu acrescentaria que é precisa uma aldeia inteira para proteger uma criança. O Selo protetor assume-se como um sistema integrado de gestão do risco e perigo e representa uma oportunidade de auto diagnóstico e capacitação dirigida às entidades com competências em matérias de assunto relacionados com crianças e jovens, no âmbito da Proteção e Promoção dos Direitos das Crianças”.

A Dra. Rosário Farmhouse teve ainda a oportunidade de destacar que “Lousada é um exemplo a replicar pelo país. Isto deve-se ao facto de ser o concelho mais jovem de Portugal Continental a que se junta, cuja política de infância e juventude muito focada o que é notória quando quatro agrupamento de escolas se juntam de forma integrada e colaborativa, num projeto comum e vencem”.

Relativamente à escolha de Lousada para realizar esta cerimónia, a Presidente da CNPDPCJ salientou que “o fator decisivo teve a ver foi ter os quatro agrupamentos de escolas envolvidos numa candidatura única em torno do Selo Protetor. E quando soubemos que este é o Ano Municipal da Criança no concelho ficámos muito mais felizes com a escolha”.

Este é o reconhecimento do trabalho desenvolvido nas escolas de Lousada

Para o Presidente da Câmara de Lousada, Dr. Pedro Machado, “é de extrema relevância o facto de ter havido uma candidatura conjunta dos agrupamentos de escolas de Lousada e terem sido premiados com o Selo Protetor. Este é o reconhecimento do trabalho que é desenvolvido nas escolas de Lousada em termos de promoção dos direitos e da proteção das crianças e jovens, mas assume-se como um novo compromisso para que seja feito sempre mais e melhor com novas metodologias, com o apoio da CNPDPCJ e do meio académico”.

O Dr. Pedro Machado destacou também que “só se consegue construir um concelho, uma região e um país melhor e mais coeso se cuidarmos das crianças, que muitas vezes têm fragilidades e problemas. Só podemos sentir-nos muito felizes pelo envolvimento que toda a comunidade educativa do concelho teve neste processo. O facto de acolhermos esta cerimónia inaugural de atribuição dos Selos Protetores deixou-nos muito felizes, sendo este o Ano Municipal da Criança no concelho”.

O novo período de candidaturas vai decorrer até fevereiro 2019 e a CNPDPCJ está a trabalhar para que, para além da educação, sejam abrangidas instituições no âmbito da saúde e da segurança social.

tags: