Home Saúde Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa anuncia aquisição de novo Laser aumentando o número de doentes tratados em Urologia
Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa anuncia aquisição de novo Laser aumentando o número de doentes tratados em Urologia
0

Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa anuncia aquisição de novo Laser aumentando o número de doentes tratados em Urologia

0
0

Técnicas avançadas e tratamentos diferenciados em destaque na 7.ª Jornada Urológica do CHTS

Anunciada aquisição de novo Laser que irá aumentar o número de doentes tratados em Urologia

O Serviço de Urologia do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) promoveu, a 23 de novembro, no Penafiel Park Hotel & Spa, a 7.ª Jornada Urológica. A iniciativa envolveu, numa partilha de conhecimentos e experiências, profissionais da especialidade, entre médicos e enfermeiros dos cuidados de saúde primários e área hospitalar, e outros profissionais de saúde.

Na sessão de abertura, Carlos Alberto, presidente do Conselho de Administração do CHTS, elogiou “a capacidade de trabalho multidisciplinar do Serviço” e anunciou a recente aquisição de um novo equipamento para realização de cirurgias a laser, ao nível dos cálculos urinários.

Este novo equipamento que representa um investimento de cerca de 42.000 euros, vem substituir o já existente e que, como é mais rápido e mais moderno, vai permitir um reforço substancial dos cuidados prestados à comunidade.

O programa do evento científico contou com vários especialistas que abordaram temas como “Enfermagem Urológica – Novos Conceitos”, Infeções em Urologia na era das KPCs – Novos Conceitos” e “Técnicas Avançadas em Urologia”.

Joaquim Lindoro, diretor do Serviço de Urologia, acerca do programa, salientou a endoscopia na enfermagem urológica, uma novidade completa a nível nacional e que tem sido desenvolvida no Hospital S. Gonçalo em Amarante, a “cirurgia laparoscópica e a experiência nesta cirurgia minimamente invasiva que, no CHTS, tem aumentado de ano para ano”, e “a cirurgia mais moderna da uretra, usando enxertos de mucosa oral, que são transplantados para as zonas doentes, para tratamento da estenose uretral”.

Rogério Pacheco, enfermeiro-chefe de Urologia, comentou a representação significativa da enfermagem no programa da jornada, salientando “a importância do trabalho da equipa multidisciplinar, onde cada elemento contribui de forma sustentada para que os cuidados a prestar ao doente sejam de excelência”.

De referir que, no CHTS, o Serviço de Urologia é já uma referência, quer pelos tratamentos diferenciados, quer pela sua aposta na formação de profissionais. Tem uma equipa constituída por seis médicos e cerca de 30 enfermeiros, divididos pelo Bloco Operatório e Internamento. O Serviço realizou em 2017, 9.000 consultas que resultaram em cerca de mil cirurgias.

Dirigida a profissionais de saúde, a 7.ª Jornada Urológica do CHTS teve a participação de profissionais do CHTS, Centro Hospitalar Universitário de São João, Centro Hospitalar do Porto, Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia – Espinho e ACES Tâmega II Vale do Sousa Sul.

tags: