Home Saúde Centro Hospitalar é entidade fundadora do projeto A2cdi que vai chegar a um milhão de pessoas e funcionará em Penafiel
Centro Hospitalar é entidade fundadora do projeto A2cdi que vai chegar a um milhão de pessoas e funcionará em Penafiel
0

Centro Hospitalar é entidade fundadora do projeto A2cdi que vai chegar a um milhão de pessoas e funcionará em Penafiel

0
0

A2cdi – Agrupamento Académico Clinico do Douro Interior

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) é um dos fundadores do A2CDI (Agrupamento Académico Clínico do Douro Interior), que vai funcionar em Penafiel.
O A2cdi , tem como objetivos promover a formação e ensino científico em diversas áreas como enfermagem, medicina , fisioterapia, Inteligência Artificial, entre outras.

O Agrupamento Académico Clínico do Douro Interior, poderá chegar a um milhão de pessoas nas regiões do Tâmega e Sousa, Trás-os-Montes e Alto Douro.

O CHTS deu assim mais um passo na sua intervenção no panorama da Saúde, ao ter sido fundador do A2CDI, em conjunto com o CHTMAD (Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro), o Hospital da Misericórdia de Paredes e a CESPU (Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário).

Para Carlos Alberto, presidente do CHTS “Abrem-se diversas e maiores oportunidades para novos projetos de ensino e investigação na área da Saúde nesta vasta região do Tâmega e Sousa e Trás-os-Montes e Alto Douro, que virão acrescentar mais valias nomeadamente aos projetos já em desenvolvimento nas diversas instituições, agora de forma articulada e com força acrescida. Nos próximos tempos haverá mais novidades associadas a este projeto, sendo esperada a participação de um número crescente de novas personalidades cujo contributo intelectual vai acrescentar valor ao projeto e à região.” 

Além das instituições já referidas, há outras manifestações de interesse que provavelmente se virão a juntar em breve ao (Agrupamento Académico Clínico do Douro Interior), criando assim um centro de referência ao nível da investigação e do ensino em saúde.