Home Gastronomia CONFRARIA DO PRESUNTO E DA CEBOLA DO VALE DO SOUSA REALIZOU “ FESTA DA MATANÇA DO PORCO “
CONFRARIA DO PRESUNTO E DA CEBOLA DO VALE DO SOUSA REALIZOU “ FESTA DA MATANÇA DO PORCO “
0

CONFRARIA DO PRESUNTO E DA CEBOLA DO VALE DO SOUSA REALIZOU “ FESTA DA MATANÇA DO PORCO “

0
0

Iniciativa juntou dezenas de confrades em Castelo de Paiva

        Traduziu-se num rotundo sucesso a Festa da Matança do Porco, uma iniciativa de interesse regional, promovida pela Confraria do Presunto e da Cebola do Vale do Sousa que, no passado sábado, juntou em Castelo de Paiva, mais de 200 confrades,convidados e amigos, numa jornada gastronómica que teve colaboração da edilidade paivense.

     Antes da grande cerimónia do Capítulo Anual que terá lugar em Agosto, por ocasião de mais uma edição da feira da Agrival, a Confraria do Presunto e da Cebola do Vale do Sousa não deixou os seus créditos por mãos alheias e juntou confrades e amigos no espaço da Quinta das Vessadas, em Fornos, na 5ª edição da Festa da Matança do Porco, uma actividade integrada no seu Plano de Actividades e que tem sido realizada com êxito em diversos concelhos do Tâmega e Sousa.

       Depois da cerimónia de abertura, com a intervenção do Capelão – Mor da confraria, sustentada na boa disposição que o caracteriza, arrancando aplausos com um poema, uma reza e uma piada, o Grão Mestre Joaquim Barros Ferreira, deu as boas vindas a todos, desejando uma excelente jornada gastronómica e mostrando-se satisfeito pela boa adesão e participação das confrarias convidadas, entre elas as duas confrarias parceiras oriundas da região espanhola da Galiza.

                      Ao lado do confrade e autarca de Penafiel, Antonino Sousa, o presidente daCâmara Municipal de Castelo de Paiva deixou uma saudação efusiva a todos os participantes, congratulando-se pelo facto desta dinâmica confraria do Vale do Sousater escolhido o município paivense para desenvolver esta actividade, evidenciando o seu agrado pela excelente organização do evento, que atraiu mais de duas centenas de participantes.

       Fazendo uma breve caracterização do concelho, Gonçalo Rocha falou na estratégia que o município assumiu para criar dinâmica turística no território, realçando os investimentos que estão em curso ao nível da requalificação das zonas ribeirinhas e dos percursos pedestres, deixando um convite para que venham mais vezes a Castelo de Paiva, uma terra de encanto com potencialidades ímpares, apreciar a sua famosa gastronomia, os seus afamados vinhos verdes e a doçaria regional.

       Depois de um período de degustação de fêveras, cebola, presunto e vinho verde da região, decorreu o acto da “ Matança do Porco “, seguindo – se uma visita ao concelho, com paragem na Quinta do Outeiro, em Bairros, concretizando-se uma palestra pelo produtor e enólogo Henriques Rodrigues e passagem pela adega comuma prova de vinhos verdes, com destaque para o verde tinto da casta Vinhão, que foi acompanhado da doçaria típica local.

       Os confrades e convidados ainda tiveram tempo para a fotografia da grupo na escadaria da Igreja Paroquial de Sobrado, com o edil Gonçalo Rocha a ser o cicerone numa caminhada pelo Largo do Conde, seguindo-se o regresso à Quinta das Vessadas onde, num ambiente festivo de saudável convivialidade, decorreu o Almoçoda Matança, numa tarde de agradável camaradagem entre os participantes com muita animação musical, onde se registou um momento único ao entoar-se o Hino da Confraria e as prestações do grupo Os Amantes do Rio DouroGrupo de Concertinas da Casa do Povo da Raiva e o grupo de musica tradicional “ Os Amigos da Sexta “.

       Em jeito de encerramento, Manuel Fernando, em nome da Confraria do Presunto e da Cebola do Vale do Sousa, concretizou algumas homenagens, distinguiu a autarquia paivense e confrarias convidadas, e voltou a agradecer a boa adesão que teve a iniciativa, evidenciando o orgulho de tudo ter corrido na perfeição e a contento de todos, realçando depois a excelente colaboração disponibilizada pela Câmara Municipal de Castelo de Paiva, aproveitando o momento, para lançar o repto e convidar o presidente Gonçalo Rocha a participar no próximo capítulo da confraria, onde será entronizado confrade de pleno direito, a exemplo de outros autarcas da região do Tâmega e Sousa.

                A meio da tarde, a organização deste evento gastronómico, programou a realização de um sorteio do porco ( retalhado ) que foi efectuado junto dos participantes neste repasto regional em terras de Paiva, que muitos classificaram como um dos melhores que a confraria tem promovido.

 

Carlos Oliveira

Assessor de Imprensa