Home Saúde Curso Prático de Pé Diabético até hoje no Hospital Padre Américo em Penafiel
Curso Prático de Pé Diabético até hoje no Hospital Padre Américo em Penafiel
0

Curso Prático de Pé Diabético até hoje no Hospital Padre Américo em Penafiel

0
0

Iniciativa decorre, até hoje, no Hospital Padre Américo

Curso Prático de Pé Diabético é uma aposta nos cuidados preventivos

A taxa de amputação em Portugal, devido à diabetes, é de 5,5 por cada 100 mil habitantes. No CHTS é de 0,95.

Está a decorrer, entre hoje e amanhã, a 4.ª edição do Curso Prático de Pé Diabético, organizado pela equipa da Consulta Multidisciplinar do Pé Diabético do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS).

A iniciativa, realizada no Hospital Padre Américo, em Penafiel, tem cariz teórico-prático e é acreditada e recomendada pela Sociedade Portuguesa de Cirurgia, sendo dirigida a profissionais de saúde.

Os problemas do pé são uma complicação comum da diabetes, resultando em importantes consequências médicas, sociais e económicas para os doentes, família e sociedade. São a principal causa de ocupação das camas hospitalares pelos diabéticos, consumindo uma quantidade importante de recursos de saúde e responsáveis por mais de 60% das amputações major dos membros inferiores.

Recorde-se que Maria de Jesus Dantas, cirurgiã do CHTS, responsável pela Consulta do Pé Diabético e pela direção do curso Prático de Pé Diabético, recebeu o ano passado o Prémio Bial Medicina Clínica 2016 pelo trabalho realizado nesta área.

“O interesse deste curso está bem demonstrado pela vossa presença. O historial da Consulta Multidisciplinar do Pé Diabético fala por si, a qualidade dos cuidados prestados é reconhecida a nível regional e a nível nacional. Parabéns à Dra. Maria de Jesus pelo seu empenho e persistência”, falava assim, esta manhã, Licínio Soares, diretor clínico do CHTS, aos participantes na sessão de abertura.

André Silva, vogal do Conselho de Administração, destacou também os bons resultados: “em nome do presidente e do Conselho de Administração, quero exprimir o orgulho nesta equipa que apresenta resultados, que tem a mais baixa taxa de amputação do país e que recebeu o prémio Bial. Parabéns pela competência e pela capacidade de trabalhar em equipa”.

Margarida Almeida, diretora do Serviço de Endocrinologia e responsável pelo Núcleo da Diabetes, relembrou que “a prevalência da Diabetes na população portuguesa é de 13,3% e as complicações da Diabetes são responsáveis por 60% das amputações major dos membros inferiores. A nível nacional, a média é de 5,5% e a do CHTS é de 0,95%, este é o resultado do fabuloso trabalho feito na Consulta Multidisciplinar do Pé Diabético”.

Maria de Jesus Dantas divulgou que a Consulta Multidisciplinar de Pé Diabético completa 20 anos em 2018 e que a realização deste curso, fruto de uma aposta nos cuidados preventivos, “é o nosso contributo, disponibilizar o know-how e experiência, para replicarem o projeto nas vossas unidades de saúde, junto dos vossos doentes”.

A Consulta de Pé diabético teve início em 1998, no pavilhão da consulta de Cirurgia do então Hospital Padre Américo. A mudança, em 2001, para a nova casa, permitiu melhorar ainda mais as condições assistenciais desta consulta. A equipa passou a integrar, de forma progressiva, mais especialidades, tais como a Cirurgia Vascular, Cirurgia Plástica, Ortopedia, Podologia, entre outras. Neste momento, são efetuadas cerca de 3500 consultas por ano, das quais perto de 800 são primeiras consultas.

Sobre o IV Curso Prático de Pé Diabético, o conteúdo programático aborda temas como factos e números no pé diabético, Fisiopatologia, Pé Neuropático, Pé Isquémico, Pé de Charcot, Infeção de Pé Diabético, Tratamento da dor neuropática, Organização de Cuidados ao Pé Diabético em Portugal, Apósito de pensos, Cuidados de Podologia e Calçado, Cuidados Gerais e de Penso, Terapia de Pressão Negativa, FAQ’S em Medicina Geral e Familiar, Tratamento hospitalar multidisciplinar e o papel dos Sistemas de Informação na Saúde.

A formação inclui ainda blocos práticos, apresentações de casos clínicos e formação prática, onde os doentes seguidos na consulta são os protagonistas.

Está já agendado para final de junho o II Curso Prático de Pé Diabético para Cirurgiões, realizado em parceria com a Faculdade de Medicina do Porto.

tags: