Home Saúde Mais médicos e enfermeiros ao serviço do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa
0

Mais médicos e enfermeiros ao serviço do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa

0
0

9 enfermeiros e 2 médicos já iniciaram funções

Ministério da Saúde aprovou ainda a contratação de mais 4 médicos

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) dá continuidade à estratégia, iniciada em 2016, de fixação e reforço de recursos humanos afetos ao centro hospitalar.

Nove enfermeiros e dois médicos de cirurgia geral assinaram este mês contrato com o CHTS tendo iniciado já funções no centro hospitalar.

Os novos enfermeiros vieram reforçar as equipas de enfermagem do Serviço de Urgência, Cirurgia, Serviço de Medicina Interna de Amarante e Penafiel, Ortopedia e Pediatria.

O Ministério da Saúde autorizou ainda a contratação de mais 4 médicos especialistas para as valências de Cirurgia Geral, Nefrologia, Medicina Interna  e Urologia.

Estas contratações surgem de uma política alargada do Governo em matéria de recursos humanos, tendo como objetivo a melhoria do acesso dos utentes aos cuidados de saúde, entre setembro de 2016 e janeiro de 2017 foram vários os profissionais de saúde contratados.

Para Carlos Alberto, presidente do Conselho de Administração do CHTS “este reforço de recursos humanos é essencial para reforçar especialidades que são essenciais aos cuidados de saúde prestados à população e cujo objetivo é por um lado reforçar os serviços e por outro conseguirmos reunir condições para avançar com mais oferta e projetos novos para a área de influencia do Centro Hospitalar”.

Em setembro e outubro de 2016, as equipas clínicas do CHTS foram já reforçadas com as contratações de um técnico de Fisioterapia, vários médicos e enfermeiros. Os profissionais na altura admitidos vieram reforçar as áreas de Anestesiologia, Cardiologia, Endocrinologia, Gastroenterologia, Medicina Física e de Reabilitação, Medicina Interna, Neurologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Ortopedia, Patologia e Psiquiatria.

Em dezembro de 2016, 24 enfermeiros passaram para contrato por tempo indeterminado e cerca de 40 assistentes operacionais foram contratados em janeiro 2017.

Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa