Home Sociedade Projeto maisLousadaCLDS4G para aumentar a coesão no concelho
Projeto maisLousadaCLDS4G para aumentar a coesão no concelho
0

Projeto maisLousadaCLDS4G para aumentar a coesão no concelho

0
0

A ACIP – Ave Cooperativa Intervenção Psico-Social iniciou, no dia 1 de julho, o novo projeto em Lousada com a missão de aumentar a coesão no concelho, promovendo processos de integração pessoal, social e profissional, em grupos populacionais vulneráveis, nomeadamente de crianças, jovens e famílias de baixos rendimentos, desempregados, pessoas com deficiência/incapacidade.

O maisLousadaCLDS4G – assim se designa o projeto- pretende implementar ações e proximidade da equipa à comunidade, participando e envolvendo todo o território, centrado em quatro objetivos gerais, que passa por mais Mudança, Abrangência, Inclusão e Social.

Os quatro pilares do maisLousada

Com mais Mudança o objetivo passa por fortalecer a ligação entre as intervenções a desenvolver e os diferentes instrumentos de planeamento existentes de dimensão Municipal. Neste ponto é fundamental a intervenção em equipa, integrada na comunidade, num trabalho de proximidade, centrado na pessoa, tendo em conta as suas necessidades, expectativas e potenciais. 

Pretende-se que haja desenvolvimento de competências pessoais, sociais e profissionais.

O ponto relativo a mais Abrangência tem como finalidade potenciar a congregação de esforços entre o sector público e privado na promoção e execução de projetos através da mobilização de atores locais com diferentes proveniências.

Aqui mostra-se essencial o envolvimento das 25 freguesias e todos os grupos populacionais que evidenciam fragilidades significativas, como crianças e jovens, famílias de baixos rendimentos, desempregados, pessoas com deficiência e incapacidade. 

O plano de ação vai ser implementado por uma equipa multidisciplinar, em que as ações demonstram um esforço coletivo de todos os intervenientes sociais.

Mais Inclusão é o terceiro aspeto a ter em linha de conta com este projeto, concentrando a intervenção nos grupos populacionais que evidenciem fragilidades mais significativas, promovendo a mudança na situação das pessoas tendo em conta os seus fatores de vulnerabilidade. 

Por último, o mais Social que se assume como um objetivo para aumentar os níveis de coesão social no concelho, dinamizando a alteração da sua situação socioterritorial.

tags: