Home Economia SABARIZ GARANTE VISIBILIDADE COM PROVA DE VINHOS E PETISCOS
SABARIZ GARANTE VISIBILIDADE COM PROVA DE VINHOS E PETISCOS
0

SABARIZ GARANTE VISIBILIDADE COM PROVA DE VINHOS E PETISCOS

0
0

Certame contou com duas dezenas de expositores

  • Gonçalo Rocha enalteceu iniciativas que ajudam a promover o sector vitivinícola  

Com organização a cargo da Associação Cultural de Sabariz, realizou-se no passado fim de semana, no principal largo daquela localidade da freguesia de S. Pedro do Paraíso, a XV Mostra de Vinhos e Petiscos, um certame tradicional que contou com duas dezenas de expositores e que voltou a contar com o apoio da CM de Castelo de Paiva e da União de Freguesias de Raiva, Pedorido e Paraíso.

Tal como no ano passado, a organização adicionou mais um dia ao certame, sendo que, já na Sexta Feira à noite, aconteceu a abertura do Restaurante Sabores da Aldeia que voltou a privilegiar pratos de carne arouquesa, realizando-se um convívio e entrega de lembranças aos atletas de futebol do AC de Sabariz que, recentemente, concluíram a participação no Campeonato Distrital da 2ª Divisão de Aveiro, seguindo-se uma actuação da banda “ Lights Out “ que realizou a sua estreia numa iniciativa, animando a noite neste primeiro dia.

Na jornada de abertura, marcaram presença os presidentes da Câmara e Assembleia Municipal, Gonçalo Rocha e Gouveia Coelho, bem como os vereadores Paula Melo, José Rocha e Vanessa Pereira, assim como o presidente da União de Freguesia de Raiva, Paraíso e Pedorido, Joaquim Martins, entre outros autarcas, entidades e dirigentes associativos.

José Teixeira, presidente da Associação Cultural de Sabariz, agradeceu a presença de todos e evidenciou o esforço que tem sido feito para manter o nível e a boa adesão de expositores nesta iniciativa local, recordando a importância de promover e divulgar os vinhos da região, potenciando também um bom momento de saudável confraternização nesta localidade da freguesia do Paraíso, que ganha sempre outra dinâmica com a realização deste evento, também ele um excelente argumento para dar mais visibilidade a esta terra, traduzindo – se num forte contributo para potenciar oportunidades de negócio e dinamizar a economia local.

Depois das intervenções de Gouveia Coelho, presidente da Assembleia Municipal e de Pedro Mendes, da União de Freguesias de Raiva, Paraíso e Pedorido,  ambos a realçar o interesse da iniciativa promovida pela Associação Cultural de Sabariz, o presidente Gonçalo Rocha voltou a enaltecer a pujança associativa que se evidencia no concelho e que continua a mostrar uma dinâmica relevante e, sobre este evento, genuíno e verdadeiramente rural, fez questão de destacar o trabalho dedicado dos responsáveis da Associação Cultural de Sabariz na promoção do desporto e cultura na localidade, ao mesmo tempo que reforçou a ideia de que, estas iniciativas servem para dar mais visibilidade à qualidade e à excelência dos vinhos de Castelo de Paiva, permitindo potenciar excelentes vinhos e projectar ainda mais a Sub-Região de Paiva, afirmando este sector de actividade como uma mais valia na economia do concelho.

Recordando outros certames já organizados no concelho, para além da grande Feira do Vinho Verde, que voltará acontecer no final deste mês, o edil paivense manifestou a vontade de colaborar sempre com estas actividades, que considerou de grande interesse para a dinâmica que se deseja consolidar no território, porque são estas acções genuínas que servem para projectar o que o concelho tem de melhor ao nível dos seus vinhos e produtos rurais, potenciando mais divulgação, mais vendas e criando mais riqueza.

Num tempo em que o concelho já apresenta, uma forte cobertura ao nível de outras apostas de exploração agrícola, o autarca de Castelo de Paiva voltou a deixar, nesta sua intervenção em Sabariz, uma palavra de forte incentivo aos produtores paivenses, para que possam assumir esta actividade agrícola como vector fundamental na economia local, mantendo a vontade da autarquia que lidera, de continuar a apoiar iniciativas como esta, que possam ajudar os agricultores locais a manter a dinâmica empresarial, de forma a atrair mais apreciadores e fomentar e ampliar o seu negocio.

 Associando o potencial turístico que o concelho apresenta, e os projectos que estão em curso para atrair mais gente ao território, Gonçalo Rocha insistiu em considerar ser fundamental que os produtores apostem na qualidade, daí a razão de ser destas acções, idealizadas para ajudar os produtores locais a consolidar a fama e o enorme potencial dos vinhos da Sub – Região de Paiva, realçando um sector que deve ser acarinhado e desenvolvido, merecendo sem duvida, ser cada vez mais valorizado e divulgado, por cá e além fronteiras.

Para além de oito quintas representadas, esta prova de vinhos em Sabariz recebeu duas dezenas de expositores, contando com a presença de um restaurante dedicado à saborosa e suculenta Carne Arouquesa, bem como espaços de petiscos, doçaria tradicional, fumeiro regional, licores, bem como da Comissão de Festas da Senhora do Carmo, da APPACDM de Castelo de Paiva, IPSS localizada em Sabariz, destacando-se também a participação da colectividade promotora deste evento, a Associação Cultural de Sabariz, entre outros expositores.

Este ano a organização adicionou mais um dia ao certame, sendo que, na Sexta Feira à noite aconteceu a abertura do Restaurante Sabores da Aldeia que voltou a privilegiar pratos de carne arouquesa, seguindo –se um festival de guitarradas com a Noite do Tomba a Pipa, e uma actuação da Banda Juvenil dos Mineiros do Pejão, uma iniciativa que serviu para animar a noite neste primeiro dia.

A abertura oficial contemplou uma Palestra sobre Vinhos, seguida de prova, com abertura das tasquinhas e do restaurante Sabores da Aldeia e a actuação do Grupo Musical “ Os Amantes do Rio Douro e uma actuação do Grupo de Concertinas  e Cantares de Escariz  e do grupo “ Os Amigos de Melres “, seguindo-se à noite, um baile popular com o Duo AndiMarc.

No Domingo, o certame reabriu para jornadas gastronómicas com abertura de tasquinhas e restaurante, com destaque para a habitual exibição de Grupos de Concertinas e Cantares de Escariz, destacando-se durante a tarde, animação de rua com Cantares à Desgarrada, sendo que, o resto da tarde foi preenchida com bailarico popular, com a actuação do Duo Extra Music.

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                          Carlos Oliveira

Assessor de Imprensa