Início » Filarmonia (Re)visitada proporciona concerto na Casa do Xiné em Penafiel

Filarmonia (Re)visitada proporciona concerto na Casa do Xiné em Penafiel

por S. Ferreira Rafael Telmo
Filarmonia (Re)visitada proporciona concerto na Casa do Xiné em Penafiel

O regresso do projeto Filarmonia (Re)visitada às coordenadas do Douro, Tâmega e Sousa faz-se sob o signo do sucesso de adesão ao projeto musical por parte do público. Essa foi também a imagem de marca deixada no último concerto, realizado em Lousada, no dia 12 de fevereiro. O legado melódico prossegue agora no concelho de Penafiel. Assim, a 19 de fevereiro, sábado, pelas 19h00, no âmbito do festival Inventa, terá lugar na Casa do Xiné – Centro Cultural, em Quintandona, Lagares, mais um concerto da Filarmonia (Re)visitada, ainda sob a coordenação do maestro Osvaldo Ferreira. 

Depois desta visita a uma paragem marcada pela beleza rústica e rural que a Casa do Xiné oferece, o circuito do projeto pelo território do Douro, Tâmega e Sousa termina a 26 de fevereiro, com um concerto às 21h30, na Biblioteca Municipal Professor Vieira Dinis, em Paços de Ferreira, desta feita conduzido pelo maestro Francisco Ferreira, que dirigiu os concertos realizados em Cinfães e Resende. Importa relembrar que o acesso ao espectáculo, tal como em todas as iniciativas de programação do Inventa, é gratuito.

Deve realçar-se que os quase trinta músicos do Douro, Tâmega e Sousa que constituem a Filarmonia (Re)visitada foram selecionados pelo maestro e têm vindo a desfrutar da oportunidade de se poderem afirmar em cinco palcos distintos – Resende, Cinfães, Lousada, Penafiel e Paços de Ferreira.

O “manto musical” que cobre o território nesta temporada do Inventa promete deixar uma herança de interesse e curiosidade para os jovens da região, consolidando por um lado a formação da matéria humana já existente no meio e que se tem vindo dedicar à atividade instrumental e por outro a esperança convicta de que mais aptidões embrionárias, outras vocações para o meio instrumental e musical no seu todo, possam despertar. Este é o maior dos desafios do projeto Filarmonia (Re)visitada.

Integrado numa narrativa mais vasta que festival Inventa contempla, o projeto Filarmonia (Re)visitada resulta do desafio lançado por dois maestros que se traduziu numa seleção de músicos emergentes do território a partir das associações e bandas filarmónicas regionais e locais, afinal as estruturas onde uma parte substancial dos jovens desperta para o fenómeno musical no nosso país.

Como complemento essencial à filosofia subjacente ao conceito desta ação em concreto visada pela Filarmonia (Re)visitada, pode sublinhar-se que: “O contexto dramatúrgico concorre com os objetivos de exploração da história do território intervencionado, potenciando abordagens contemporâneas e inusitadas ao repertório habitualmente interpretado pelas bandas filarmónicas”. A este desígnio da organização junta-se a convicção de que a ação em causa pode constituir “um claro projeto de capacitação e potenciador do legado através da mediação cultural”.

O festival Inventa tem ainda muito para oferecer no domínio da programação em 2022: o Ciclo de Circo Contemporâneo no Património, a decorrer em março, o Ciclo de Performance Visual Musicada, em abril, e ainda o Projeto Comunitário Intermunicipal: A Festa, em maio.  

Convém relembrar, antes de mais, até para se perceber o alcance, que o Inventa se desenvolve numa área geográfica correspondente a 14 municípios, potenciando o desenvolvimento de uma rede de programação ampla, dispersa e inclusiva, num território com uma população de aproximadamente 543.000 habitantes que inclui os seguintes concelhos: Amarante, Baião, Cabeceiras de Basto, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Mondim de Basto, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende.

O Inventa é um projeto promovido no âmbito da operação Cultura em Rede – Tâmega e Sousa, sendo cofinanciado pelo NORTE 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. 

Também poderá gostar de

Escrever um comentário