Início » Pedro Abrunhosa esgota primeiro “Diálogos Improváveis” na Casa da Cultura de Paredes

Pedro Abrunhosa esgota primeiro “Diálogos Improváveis” na Casa da Cultura de Paredes

por Leite Beatriz
Pedro Abrunhosa esgota primeiro "Diálogos Improváveis" na Casa da Cultura de Paredes

Uma dupla estreia com casa cheia. O projeto “Diálogos Improváveis” recebe, pela primeira vez, um convidado e a receção não podia ser mais calorosa. A Casa da Cultura de Paredes vai estar cheia para receber Pedro Abrunhosa, esta quarta-feira, dia 18, pelas 21h30.

O momento vai contar ainda com a presença dos jovens paredenses Ana Marques e Tomás Ferreira, que estão incumbidos de conduzir a conversa. A ideia do município de Paredes, enquanto promotor e organizador do evento, é trazer todos os meses uma nova personalidade do panorama cultural e artístico português, para uma conversa ‘improvável’. Pedro Abrunhosa será, assim, o primeiro convidado a falar da sua vida e percurso.

Para a anfitriã Ana Marques, o que se pretende com estes encontros é, sobretudo, “desconstruir” o artista, confrontando-o não só com as vitórias, mas também com os “erros” e “falhanços” da vida. O objetivo deste e dos próximos “Diálogos Improváveis” será sempre, segundo a comunicadora, “estreitar os laços” entre convidado e público.

Também Tomás Ferreira alinha neste discurso. O jovem antevê uma agradável conversa com o cantor e compositor Pedro Abrunhosa. “Vamos falar de vários temas, não só de música”, garantiu.

Ana Marques e Tomás Ferreira, embora com percursos profisionais diferentes, partilham um enorme fascínio pela comunicação. Para este projeto, Ana diz trazer “emoção” e descreve, entre risos, o parceiro Tomás como “o mais profissional”. Tomás, por sua vez, está convicto de que será o atrevimento da dupla a fazer a diferença.

Tomás Ferreira e Ana Marques vão conduzir, mês após mês, o projeto “Diálogos Improváveis” da Câmara de Paredes

Ambos são de Paredes. Ana Marques tem 34 anos e é licenciada em Comunicação Social, tendo, aliás, um vasto currículo na área da apresentação de eventos. Também já trabalhou no ramo turístico, a partir do qual teve oportunidade de conhecer o mundo, a bordo do “maior e mais luxuoso iate de sempre”. Afirma falar fluentemente quatro línguas e já fez serviço de voluntariado europeu. Extrovertida e animada, Ana Marques promete não deixar nada por perguntar.

Por sua vez, Tomás Ferreira, embora com 20 anos, reúne conhecimento em áreas tão díspares, quanto diversas. Cinema, música, história, fotografia e aviação são apenas algumas delas. O jovem de Paredes está, neste momento, a estudar Direito na Faculdade de Direito da Universidade do Porto. No currículo, Tomás Ferreira conta ainda com vários trabalhos de teor jornalístico, alguns dos quais tiveram transmissão na TVI, no programa “País 24”. Sempre atento ao que o rodeia, Tomás Ferreira compromete-se, por isso, a trazer os temas que marcam a atualidade para a conversa.

“Diálogos Improváveis” será organizado pela Câmara municipal de Paredes. A lotação para esta primeira edição está esgotada. Embora gratuitos, os bilhetes tinham de ser reservados.

À semelhança do que acontecerá com esta conversa, todas as edições do projeto vão depois ficar disponíveis em Podcast e também nas plataformas digitais do município.

Também poderá gostar de

Escrever um comentário