Início » CIM Tâmega e Sousa vai integrar rede europeia para impulsionar transição energética

CIM Tâmega e Sousa vai integrar rede europeia para impulsionar transição energética

por Leite Beatriz
CIM Tâmega e Sousa vai integrar rede europeia para impulsionar transição energética

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Tâmega e Sousa deu nota, esta semana, de que vai integrar uma rede europeia para impulsionar a transição energética. Trata-se do ePLANET e é atualmente constituída por 17 parceiros de 10 países.

A rede tem um ano e decidiu recentemente abrir as portas a novas entidades, uma das quais à CIM do Tâmega e Sousa, a única portuguesa.

“Os trabalhos com os novos parceiros arrancaram esta semana”, pode ler-se numa nota informativa enviada às redações por aquela Comunidade, que explica ainda que o ePLANET pretende responder aos desafios climáticos, através “da agregação de dados, medidas e planos de transição energética disponíveis em fontes dispersas”.

“Para garantir o desenvolvimento correto de ferramentas e o foco nas efetivas necessidades das autoridades públicas, o ePLANET tem em curso três projetos-piloto – na província de Girona (Espanha), na região de Zlín (República Checa) e na ilha de Creta (Grécia)”, acrescenta.

Imagem de destaque é meramente ilustrativa e com licença gratuita de uso

Também poderá gostar de

Escrever um comentário