Home Saúde Assistentes técnicos debateram novas tecnologias e desenvolvimento profissional em jornadas do CHTS
Assistentes técnicos debateram novas tecnologias e desenvolvimento profissional em jornadas do CHTS
0

Assistentes técnicos debateram novas tecnologias e desenvolvimento profissional em jornadas do CHTS

0
0

Iniciativa decorreu a 29 e 30 de março no Hospital Padre Américo, em Penafiel.

 

As II Jornadas dos Assistentes Técnicos do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) receberam cerca de 200 participantes vindos das mais diversas instituições do país. Foram vários os oradores e os temas abordados durante os dois dias da iniciativa que pretendeu ser um espaço de partilha de experiências e de novas aprendizagens e conhecimentos, promovendo o diálogo sobre as exigências e novos desafios deste grupo profissional.

“Viver o Presente com o olhar no Futuro” foi o lema do evento que, no primeiro dia, começou com uma “montanha russa” porque os Assistentes Técnicos “ajudam a salvar vidas”, e continuou com dois workshops, um sobre Risoterapia e o outro, um Mass Training de Suporte Básico de Vida.

O segundo dia das jornadas foi dedicado às novas tecnologias, inteligência artificial e bem-estar e desenvolvimento profissional.

A primeira mesa, “Assistentes Técnicos – ‘O Presente com Futuro…’”, teve como moderador Emanuel Ribeiro, Serviço de Comunicação e Imagem do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD). Maria José Garcês, assistente técnica no Serviço de Gestão e Recursos Humanos do CHTS, falou sobre “A realidade do CHTS”, seguindo-se a apresentação “As novas realidades da função do Assistente Técnico” por Elisabete Castela, administradora hospitalar do Centro Hospitalar do Porto (CHP) e responsável pela área de Proteção de Dados.

“Somos humanos…” foi o tema da segunda mesa, moderada por Hugo Antas do Gabinete de Cidadão do Hospital de Braga (HB), que contou com a psicóloga Laura Silva que falou sobre “Lidar com as diferenças…”. “Comunicar com Inovação” foi o tema trazido por Pedro Brás, psicoterapeuta da Clínica da Mente.

Diana Pereira, administradora hospitalar do CHTS, moderou a terceira mesa sobre “Atendimento com Qualidade”. José Costa Dantas, professor do Instituto Universitário da Maia (ISMAI) falou acerca de “Planeamento e Liderança para um trabalho de Equipa Eficaz” e Pedro Ramos, diretor de Recursos Humanos da TAP, fez a sugestão: “Aceita um conselho para 2019? INSPIRE-SE (mais) NAS PESSOAS!”.

“Gestão do Conhecimento VS Gestão da Comunicação” por Luís Vidigal, presidente da Direção da Plataforma de Associações da Sociedade Civil (PASC) e “Inovação tecnológica e organizacional na saúde” por Maria Helena Monteiro, presidente da Associação para a Promoção e Desenvolvimento para a Sociedade de Informação, foram as apresentações da penúltima mesa que teve como tema “Ontem, Hoje e o Amanhã”, moderada por Rui Araújo.

A última mesa, “O Futuro do Assistente Técnico com as Novas Tecnologias”, moderada por Filipe Serralva, diretor do Serviço de Urgência do Hospital da Senhora da Oliveira de Guimarães, contou com as apresentações “Inteligência ambiente para o bem estar e aplicações em Saúde” por Davide Rua Carneiro, professor adjunto do Politécnico do Porto e elemento da Associação Portuguesa de Inteligência Artificial, e “Literacia em Saúde” de Cristina Vaz Almeida, diretora da Pós-Graduação em Literacia em Saúde no Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida (ISPA).

“O Assistente Técnico e as novas tecnologias” foi a conferência final, proferida por Alexandra Cabral dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

A organização das jornadas ficou a cargo de um grupo de assistentes técnicos dos serviços de Compras, Gestão de Ativos, Formação Aperfeiçoamento Profissional e Documentação, Codificação, Gestão e Recursos Humanos, Serviço de Relações Públicas e Comunicação, Consulta Externa e Exames Especiais.

tags: