Home Educação Brincando Musicando: um projeto com 20 anos
Brincando Musicando: um projeto com 20 anos
0

Brincando Musicando: um projeto com 20 anos

0
0

O ensino da música em Lousada para os mais pequenos assinala, este ano, o vigésimo aniversário, e a comemoração conta com o espetáculo “Rei Leão” no Parque Urbano Dr. Mário Fonseca, no dia 4 de junho, terça-feira, pelas 18h30, inserido no Festival VILA.

Foi no ano letivo 1999/2000 que o Conservatório do Vale do Sousa propôs às escolas do ensino básico e jardins de infância do concelho aulas de música, em regime de coadjuvação, lecionadas por professores com formação na área, através dos projetos “Brincando Musicando”. 

Foram quatro os jardins de infância que acolheram este projeto piloto: Cristelos, Silvares, Igreja -Macieira e Casais. No ano letivo de 2018/2019 foram 25 os estabelecimentos de ensino onde o projeto foi promovido, entre ensino público e particular.

Em 2005 o projeto “Aprender ao ritmo da música” passou a ser uma das atividades da “Escola a Tempo Inteiro”, que hoje são as Atividades de Enriquecimento Curricular. Por sua vez, o “Brincando Musicando” ficou no terreno sob o domínio do Conservatório do Vale do Sousa em estreita articulação com os agrupamentos de escolas e as comissões e associações de pais.

De acordo com a Direção do Conservatório de Música do Vale do Sousa, “a convergência de vontades por parte de todos os intervenientes fez com que ao longo destes anos o projeto se tenha desenrolado com enorme sucesso. Estes 20 anos devem-se, também, a todo o apoio que temos por parte dos diretores dos vários agrupamentos, das coordenadoras do pré-escolar, das educadoras, das comissões e associações de pais e claro dos próprios pais”.

Também o facto de a música ter sido inserida nas AEC permitiu que chegasse a todas as crianças que frequentam as escolas do concelho.

São vários os fatores associados ao ensino/aprendizagem da música, nomeadamente o desenvolvimento do raciocínio, da criatividade, da autodisciplina, da concentração e também exercita a consciência rítmica e estética, a que se juntam a imaginação e socialização dos alunos.

Aprender música desde pequenino

A base para a Educação Musical de uma criança desenvolve-se através do ritmo, da voz, da audição e dos instrumentos. Independentemente das qualidades específicas e vocação, todas as crianças devem ter acesso a uma formação musical. A Educação Musical não deve estar isolada das outras áreas educativas, mas partilhar a organização, objetivos e metodologia. 

Este projeto, desenvolvido junto dos alunos dos jardins de infância, tem como principais objetivos permitir que os mais pequenos possam experienciar diferentes tipos de culturas musicais e instrumentos, explorar diferentes processos comunicacionais, formas e técnicas de criação musical, produzir e realizar espetáculos diversificados, bem como assistir a diferentes tipos de espetáculos em que os conhecimentos são aplicados.

Estas finalidades desenvolvem-se em torno cinco eixos principais que são escutar, cantar, dançar, tocar e criar. Assim, os alunos devem adquirir competências como o desenvolvimento de aspetos essenciais da voz e da linguagem, identificação de características dos sons, tocar instrumentos musicais, executar movimentos, dança e percussão corporal e desenvolver o sentido rítmico e motor.

As crianças devem ter oportunidade de conhecer e aprender segundo diferentes vertentes musicais, desde a música erudita até ao jazz, pop, étnica, entre outras. 

O principal modo de trabalho dos professores de música junto dos mais novos é feito através das canções dos jogos musicais. Estes últimos são particularmente importantes como elementos motivadores e como necessidade vital da criança, sedo um instrumento de primeira ordem para a expressão musical. 

Aqui se junta um outro fator que passa por valorizar a voz da criança, selecionar instrumentos e permita que a criança crie os próprios instrumentos, possibilitando assim o alargamento da sua cultura musical e sensibilidade estética neste domínio. 

Por isso, as atividades desenvolvidas com os alunos, com o envolvimento da comunidade, são uma realidade que comprova a importância deste projeto. São as festas de Natal, Janeiras pelas ruas das freguesias, comemorações do Dia do Pai e do Dia da Mãe, festas de final de período e a Festa Final de ano letivo. Esta, aliás, “é uma das provas da parceria que tem resultado ao logo dos anos entre a Associação de Cultura Musical de Lousada e a Câmara Municipal e que se deve manter” – como defende a Direção da ACML.

A música para os mais pequeninos tem especial relevância também na formação genérica e na formação dos alunos como indivíduos autónomos, conscientes, responsáveis, críticos e com uma sensibilidade estética mais apurada.

O ensino da música em Lousada para os mais pequenos assinala, este ano, o vigésimo aniversário, e a comemoração conta com o espetáculo “Rei Leão” no Parque Urbano Dr. Mário Fonseca, no dia 4 de junho, terça-feira, pelas 18h30, inserido no Festival VILA.

Foi no ano letivo 1999/2000 que o Conservatório do Vale do Sousa propôs às escolas do ensino básico e jardins de infância do concelho aulas de música, em regime de coadjuvação, lecionadas por professores com formação na área, através dos projetos “Brincando Musicando”. 

Foram quatro os jardins de infância que acolheram este projeto piloto: Cristelos, Silvares, Igreja -Macieira e Casais. No ano letivo de 2018/2019 foram 25 os estabelecimentos de ensino onde o projeto foi promovido, entre ensino público e particular.

Em 2005 o projeto “Aprender ao ritmo da música” passou a ser uma das atividades da “Escola a Tempo Inteiro”, que hoje são as Atividades de Enriquecimento Curricular. Por sua vez, o “Brincando Musicando” ficou no terreno sob o domínio do Conservatório do Vale do Sousa em estreita articulação com os agrupamentos de escolas e as comissões e associações de pais.

De acordo com a Direção do Conservatório de Música do Vale do Sousa, “a convergência de vontades por parte de todos os intervenientes fez com que ao longo destes anos o projeto se tenha desenrolado com enorme sucesso. Estes 20 anos devem-se, também, a todo o apoio que temos por parte dos diretores dos vários agrupamentos, das coordenadoras do pré-escolar, das educadoras, das comissões e associações de pais e claro dos próprios pais”.

Também o facto de a música ter sido inserida nas AEC permitiu que chegasse a todas as crianças que frequentam as escolas do concelho.

São vários os fatores associados ao ensino/aprendizagem da música, nomeadamente o desenvolvimento do raciocínio, da criatividade, da autodisciplina, da concentração e também exercita a consciência rítmica e estética, a que se juntam a imaginação e socialização dos alunos.

Aprender música desde pequenino

A base para a Educação Musical de uma criança desenvolve-se através do ritmo, da voz, da audição e dos instrumentos. Independentemente das qualidades específicas e vocação, todas as crianças devem ter acesso a uma formação musical. A Educação Musical não deve estar isolada das outras áreas educativas, mas partilhar a organização, objetivos e metodologia. 

Este projeto, desenvolvido junto dos alunos dos jardins de infância, tem como principais objetivos permitir que os mais pequenos possam experienciar diferentes tipos de culturas musicais e instrumentos, explorar diferentes processos comunicacionais, formas e técnicas de criação musical, produzir e realizar espetáculos diversificados, bem como assistir a diferentes tipos de espetáculos em que os conhecimentos são aplicados.

Estas finalidades desenvolvem-se em torno cinco eixos principais que são escutar, cantar, dançar, tocar e criar. Assim, os alunos devem adquirir competências como o desenvolvimento de aspetos essenciais da voz e da linguagem, identificação de características dos sons, tocar instrumentos musicais, executar movimentos, dança e percussão corporal e desenvolver o sentido rítmico e motor.

As crianças devem ter oportunidade de conhecer e aprender segundo diferentes vertentes musicais, desde a música erudita até ao jazz, pop, étnica, entre outras. 

O principal modo de trabalho dos professores de música junto dos mais novos é feito através das canções dos jogos musicais. Estes últimos são particularmente importantes como elementos motivadores e como necessidade vital da criança, sedo um instrumento de primeira ordem para a expressão musical. 

Aqui se junta um outro fator que passa por valorizar a voz da criança, selecionar instrumentos e permita que a criança crie os próprios instrumentos, possibilitando assim o alargamento da sua cultura musical e sensibilidade estética neste domínio. 

Por isso, as atividades desenvolvidas com os alunos, com o envolvimento da comunidade, são uma realidade que comprova a importância deste projeto. São as festas de Natal, Janeiras pelas ruas das freguesias, comemorações do Dia do Pai e do Dia da Mãe, festas de final de período e a Festa Final de ano letivo. Esta, aliás, “é uma das provas da parceria que tem resultado ao logo dos anos entre a Associação de Cultura Musical de Lousada e a Câmara Municipal e que se deve manter” – como defende a Direção da ACML.

A música para os mais pequeninos tem especial relevância também na formação genérica e na formação dos alunos como indivíduos autónomos, conscientes, responsáveis, críticos e com uma sensibilidade estética mais apurada.

tags: