Home Saúde COVID-19: COMUNICADO do Presidente do Conselho de Administração da CESPU
COVID-19: COMUNICADO do Presidente do Conselho de Administração da CESPU
0

COVID-19: COMUNICADO do Presidente do Conselho de Administração da CESPU

0
0

COMUNICADO

O Conselho de Administração da CESPU suspende atividades letivas nos seus estabelecimentos de ensino superior como medida preventiva.

“O Conselho de Administração da CESPU-Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário, crl, após profunda análise da evolução da gripe provocada pelo Covid-19, em Portugal e no mundo, vem por este meio comunicar a seguinte decisão.

Tendo em conta:
• A zona norte do nosso país, onde se localizam os estabelecimentos de ensino da CESPU, nomeadamente o Instituto Universitário de Ciências da Saúde e o Instituto Politécnico de Saúde do Norte, que integra a Escola Superior de Saúde do Vale do Ave e a Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa, é a região com maior incidência de casos diagnosticados, em particular o Vale do Sousa, eixo nacional mais atingido;
• Os nossos estabelecimentos de ensino ministram exclusivamente cursos superiores de saúde, implicando aulas práticas e estágios em hospitais, centros de saúde e outras unidades clínicas, onde existe elevada probabilidade de se concentrarem as suspeitas e eventuais confirmações de infeção por Covid-19;
• Somos uma instituição com elevado número de alunos provenientes do estrangeiro, em particular de países da Europa com crescente número de infetados;
• Uma grande parte das aulas, em especial as relacionadas com treino de gestos e aquisição de competências práticas proporcionam o contacto físico entre estudantes e entre estudantes e professores;
• Muitos docentes trabalham em instituições de saúde onde a probabilidade de contraírem a doença, podendo ser transmissores durante o tempo de incubação.
Entendeu o Conselho de Administração da CESPU suspender as atividades letivas nos seus estabelecimentos de ensino superior e locais de estágio, com encerramento físico da maioria das instalações próprias, garantindo-se exclusivamente os designados serviços mínimos. Nestes serão cumpridas as orientações emanadas da Direção Geral de Saúde. Esta paragem letiva manter-se-á até à sexta-feira dia 20 de março, dia em que sairá um comunicado indicando a data do reinício das aulas, e/ou outras medidas consideradas oportunas.
Não existiu até à data qualquer caso diagnosticado na nossa instituição, mas entendemos, pelos motivos apresentados, que esta é a decisão que melhor protege todos os nossos alunos, docentes, funcionários, suas famílias e a população em geral.

Prof. Doutor A. Almeida Dias
Presidente do Conselho de Administração”

tags: