Home Sociedade Festa para mostrar o melhor do concelho de Lousada
Festa para mostrar o melhor do concelho de Lousada
0

Festa para mostrar o melhor do concelho de Lousada

0
0

No passado dia 13 de julho celebrou-se o encerramento do Processo Participativo para a criação da Paisagem Protegida do Sousa Superior (PPSS), com uma festa com atividades para todos os gostos, de norte a sul do rio Sousa, em Lousada.

A Paisagem Protegida do Sousa Superior (PPSS) é uma aposta da autarquia de Lousada, como forma de dar coerência e expressão geográfica e política a toda a estratégia ambiental que tem vindo a ser implementada nos últimos cinco anos. Numa iniciativa inédita no concelho, a autarquia convidou todos os interessados a colaborar na elaboração do plano de gestão para a futura área protegida, tendo incentivado o debate e a apresentação de propostas em mais de uma dezena de sessões públicas que decorreram na Vila e nas oito freguesias abrangidas pela área a classificar. Este processo participativo, que contou com o apoio de uma equipa da Universidade de Aveiro, mobilizou mais de 300 pessoas e organizou-se em quatro fases. 

Desta forma, foi feito o diagnóstico, em que foram identificadas as oportunidades e problemas do Sousa Superior, a que se seguiu a fase de visão, em que os participantes identificaram um conjunto de objetivos e medidas necessárias para a melhoria da região. As propostas foram apresentadas e discutidas, para perceber como a Paisagem Protegida Sousa Superior poderia materializar-se.

O último passo teve como mote as ações, em que os participantes foram convidados a pensar na operacionalização das propostas no território e nos compromissos que cada um pode assumir. 

O Processo Participativo para a criação da Paisagem Protegida do Sousa Superior resultou no total de 61 propostas, as quais foram baseadas no conjunto de recursos identificados coletivamente pelos participantes. 

A Festa de Encerramento do Processo Participativo teve como objetivo implementar algumas das propostas e demonstrar tradições, produtos e serviços que caracterizam a região, numa mostra das oportunidades que a Paisagem Protegida pode ajudar a desenvolver.

Atividades diferentes e almoço-convívio em conjunto

A Festa reuniu mais de 200 participantes. De manhã, tiveram a oportunidade de integrar uma das três atividades à escolha, tendo depois partilhado um almoço de convívio.

As atividades incluíram uma “Caminhada pelas margens do Sousa”, de cerca de 4 km, que se iniciou no Parque do Areinho, em Meinedo, guiada por um grupo de biólogos, que fizeram a interpretação da fauna, flora, tradições e culturas da região. Os participantes puderam observar o licranço, várias espécies de anfíbios e aves, pegadas e registos fotográficos de lontra, entre outros valores naturais.

A atividade “Rota do Milho, da desfolhada à broa” proporcionou um passeio histórico-cultural, etnográfico e ambiental com uma extensão de cerca de 7km junto ao rio Sousa. A atividade possibilitou a oportunidade de comemorar mas também de dar a conhecer mais sobre o valor associado àquilo que foi durante séculos uma das principais atividades no concelho de Lousada, a indústria local do milho, bem como da paisagem que lhe está inerente. 

O passeio incluiu a recriação do momento da sacha do milho pelo Rancho Folclórico de Nogueira, surpresas encenadas pelo grupo de teatro “Viajantes do Tempo” e leituras científicas sobre o património cultural, ambiental e etnográfico local.

Na atividade “Portas Abertas”, a Casa Museu de Vilar, a Casa de Juste e a Casa do Rio abriram as suas portas e mostraram os produtos gastronómicos, turísticos, culturais e artísticos disponíveis na região e que promovem.

Todos os participantes tiveram, assim, a oportunidade de celebrar de uma forma completa e lúdica um processo de ampla importância para o território.

Agora é tempo da equipa técnica reunir todos os contributos por forma a submeter o processo de classificação do território até ao final do ano.

Para informações adicionais pode ser consultado a página www.cm-lousada.pt/pt/paisagemprotegida

tags: