Home Saúde O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) inaugura exposição para celebrar o 6.º aniversário do Hospital de Amarante
O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) inaugura exposição para celebrar o 6.º aniversário do Hospital de Amarante
0

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) inaugura exposição para celebrar o 6.º aniversário do Hospital de Amarante

0
0

A par da homenagem aos colaboradores com 25 anos de casa, aconteceu também concerto de viola amarantina

O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) assinalou hoje, 29 de abril, o 6.º aniversário do Hospital de São Gonçalo, em Amarante, com a inauguração de uma mostra dedicada à memória e ao presente da instituição.

A exposição comemorativa do 6.º aniversário do novo Hospital de São Gonçalo vai estar patente até ao final da próxima semana, onde podem ser vistos objetos como a central telefónica e carimbo selo branco do Hospital de Travanca, a sineta do Hospital de São Gonçalo, ainda do tempo em que era um hospital de freiras, malas de arquivo de fichas clínicas, material do bloco operatório, biomicroscópio ocular, eletrobisturi, ventilador, máquina de costura, entre outros objetos e fotografias de vários momentos da história do Hospital.

“As instituições são isto mesmo, não são os edifícios, são as pessoas e as memórias”, disse Carlos Alberto, presidente do Conselho de Administração do CHTS, na sessão de abertura da cerimónia que marcou também a primeira presença oficial da nova equipa do Conselho de Administração em Amarante.

“Apesar de simbólico, este simbolismo significa que o empenho e a vontade em fazer mais e melhor continuam cá”, concluiu o administrador, referindo-se à cedência do antigo letreiro do Hospital de São Gonçalo por parte da Santa da Misericórdia de Amarante.

Filipa Carneiro, diretora clínica, salientou também a importância da memória coletiva, lendo um excerto do artigo “Amarante, pelo direito à memória!” de Fernando Matos Rodrigues e Anabela Magalhães.

José Ribeiro, enfermeiro diretor, dirigiu “um cumprimento especial aos profissionais desta instituição, enaltecendo aqueles que ao longo do tempo trabalharam neste Hospital e que são capazes de manter a memória, alegrando-se com o presente e encarando o futuro com um sorriso”.

A dimensão humana foi também destacada por Pedro Cunha, que foi médico no Hospital de São Gonçalo e é o atual presidente da Liga de Amigos do Hospital de Amarante, que aproveitou ainda a ocasião para confirmar que “o CHTS tem em nós, Liga de Amigos, um parceiro que estará sempre disponível para ajudar”.

“A grandeza vê-se na qualidade das pessoas e isso vê-se aqui”, afirmou José Luís Gaspar, presidente da Câmara de Amarante. “6 anos após a inauguração, é um dia de festa, parabéns a todos. Espero que, daqui as uns anos, possamos ver fotografias atuais e dizer que valeu a pena”, terminou o autarca.

Augusta Morgado, vogal do Conselho de Administração, assumiu ainda estar a conhecer as pessoas, mas já tem conhecimento do caminho positivo traçado pelo CHTS e para o qual quer contribuir e ajudar a crescer.

O aniversário marcou ainda a homenagem aos colaboradores que completam 25 anos de casa, a par com o tradicional bolo de aniversário e uma sessão de viola amarantina.

Estiveram também presentes na cerimónia José Augusto da Silva Silveira, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Amarante, Adelmo Guimarães, presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Amarante, Adriano Santos, Vereador Câmara Municipal de Amarante e Domingos Teixeira Pinheiro, presidente da Junta de Freguesia de Telões.