Home Ambiente Obra de ampliação e remodelação da ETAR de Campo, vem aumentar capacidade de tratamento de águas para os concelhos de Paredes e Valongo
Obra de ampliação e remodelação da ETAR de Campo, vem aumentar capacidade de tratamento de águas para os concelhos de Paredes e Valongo
0

Obra de ampliação e remodelação da ETAR de Campo, vem aumentar capacidade de tratamento de águas para os concelhos de Paredes e Valongo

0
0

Este projeto representa um invesmento de mais de cinco milhões de euros que permirá pracamente duplicar a capacidade de tratamento da ETAR atual.

No dia 8 de abril, pelas 10h30, terá lugar a cerimónia de assinatura do auto de consignação e lançamento da primeira pedra da obra de ampliação e remodelação da ETAR de Campo a qual será presidida pelo Ministro do Ambiente e da Transição Energéca, João Pedro Matos Fernandes.

Esta ETAR foi concebida, em 1996, para servir a população das freguesias de Valongo, Campo e Sobrado do concelho de Valongo e as freguesias da Gandra, Rebordosa, Lordelo, Duas Igrejas, Astromil e Vilela do concelho de Paredes.
Nascia, assim, a principal unidade de tratamento de águas residuais na bacia do rio Ferreira.

Desde o início do seu funcionamento, em 1999, que a evolução dos caudais afluentes à ETAR, devido ao aumento da taxa de cobertura da população servida, foi superior à prevista. No ano de 2004, angiram-se os caudais e cargas esmados para o ano de horizonte do projeto de 2016, o que conduziu a uma situação de sobrecarga desta instalação.

Em 2015 e no seguimento de convite dirigido, pelo POSEUR à Águas de Valongo, S.A., autorizado pelo Senhor Secretário de Estado do Ambiente, foi apresentada a candidatura do “Projeto de Ampliação e Remodelação da ETAR de Campo-Valongo” com vista ao cumprimento da DARU – Direva relava ao Tratamento de Águas Residuais Urbanas, abrangida pelo Eixo 3 – Proteger o Ambiente e Promover a Eficiência dos Recursos do POSEUR, Domínio (022) Tratamento de Águas Residuais.

O projeto de ampliação da ETAR tem uma contribuição do POSEUR no valor de 3.293.841,20€, e consiste na construção da terceira linha de tratamento e ajustamentos em alguns órgãos de tratamento, nomeadamente uma etapa adicional no processo de tratamento da fase sólida, que inclui a construção de um digestor anaeróbio mesófilico com aproveitamento do biogás para aquecimento, traduzindo-se num aumento da capacidade de tratamento da ETAR de 51.317 habitantes, para 98.278 habitantes.

Para qualquer esclarecimento adicional contacte Cândida Cruz – 932 666 656

Sobre a Águas de Valongo, S.A.

A Águas de Valongo,S.A..é a empresa que assegura a gestão e exploração dos Sistemas de Abastecimento de Água para Consumo Público e de Recolha, Tratamento e Rejeição de Efluentes do Concelho de Valongo e pela realização de obras previstas no plano de investimentos definido no contrato de concessão assinado com a Câmara Municipal de Valongo em 14 de julho de 2000.

A empresa foi constuída em julho de 2000, tem como único acionista a Be Water, S.A., uma empresa qie integra o grupo Beijing Enterprises Water Group Limited.