Home Ambiente Tâmega e Sousa colabora na prevenção e redução de fogos em zonas rurais
Tâmega e Sousa colabora na prevenção e redução de fogos em zonas rurais
0

Tâmega e Sousa colabora na prevenção e redução de fogos em zonas rurais

0
0

A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) acolheu hoje, dia 30, uma sessão de apresentação do Plano Nacional de Gestão Integrada de Fogos Rurais (PNGIFR), documento que se encontra em período de consulta pública.

A apresentação, que contou com a participação de representantes da CIM do Tâmega e Sousa e dos municípios que a integram, foi conduzida por Manuel Rainha, Coordenador Regional do Norte da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF), e por Paulo Bessa, Chefe de Núcleo Sub-Regional do Tâmega e Sousa e Ave da AGIF. O objetivo passou por promover o conhecimento, a participação e o compromisso de todas as partes envolvidas no processo. 

O PNGIFR abrange o período 2020-2030, e é composto por dois documentos: a Estratégia 20•30 e a Cadeia de Valor. O documento submetido a consulta pública é a Estratégia 20•30, que identifica os dois eixos considerados fundamentais para a redução do impacto dos incêndios rurais – a gestão de fogos rurais e a proteção contra incêndios rurais –, assim como as grandes orientações estratégicas – valorizar os espaços rurais, cuidar dos espaços rurais, modificar comportamentos e gerir eficientemente o risco

Os contributos municipais e intermunicipais colhidos durante a sessão de hoje vão agora ser vertidos numa proposta, que será apresentada pela CIM do Tâmega e Sousa até 5 de fevereiro, data em que termina o período de consulta pública do Plano. Pretende-se, desta forma, contribuir para a melhoria da gestão dos fogos rurais na região do Tâmega e Sousa, atuando simultaneamente na sua prevenção e redução.

Este Plano reveste-se de extrema importância para a CIM do Tâmega e Sousa, que assume a conservação da natureza da floresta e a proteção civil como uma das suas áreas de intervenção. Neste contexto, é de referir a criação, em 2018, do Gabinete Técnico Florestal Intermunicipal do Tâmega e Sousa, que visa contribuir para uma melhor articulação e funcionamento integrado dos Gabinetes Técnicos Florestais municipais, bem como a constituição, no ano passado, da primeira Brigada de Sapadores Florestais da CIM do Tâmega e Sousa, estando em curso a estruturação de uma segunda. 

A trabalhar efetivamente no terreno desde junho, esta Brigada já intervencionou cerca de 100 hectares de mancha florestal da região, um importante contributo na prevenção da ocorrência de incêndios. 

A par destas ações, a CIM do Tâmega e Sousa está também a finalizar um importante projeto de prevenção e redução dos incêndios florestais da região. Trata-se de uma candidatura aprovada no âmbito do PO SEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, através da qual serão investidos cerca de 350 mil euros na instalação de redes de defesa da floresta contra os incêndios, intervenção que vai permitir criar várias barreiras estratégicas de progressão dos grandes fogos florestais.

CIM do Tâmega e Sousa

30 de janeiro de 2020

www.cimtamegaesousa.pt